A minha visão sobre: religião

Ao ser questionado sobre a religião em uma conversa com um monge budista tailandês, o filósofo alemão Martin Heidegger respondeu o seguinte:

Religião significa, como a palavra mesmo diz, uma ligação de retorno à poderes, forças e leis que substituem a capacidade humana. Não podemos abolir o pensamento e a crença porquê a essência do homem é finita. Porquê em sua essência, o homem é sempre compelido a tentar novamente.

Sim, penso que a religião, ou melhor, a crença, é essencial para o homem devido ao fato deste ser pequeno demais em um universo vasto, embora o homem veja a si mesmo como grande e detentor de todo o conhecimento.

Mas acredito firmemente que ter uma crença envolve muito mais do que se reunir em uma igreja ou templo. Os próprios budistas, por exemplo, declaram que ser budista não está no ente que simplesmente realiza votos monásticos ou segue um determinado mestre ou lama, mas sim naquele que aplica os princípios éticos e morais de Buda em sua vida. E com os cristãos isso não é muito diferente.

Não tenho a audácia de considerar a mim mesmo cristão. Possuo um pensamento “nietzscheniano” moderado de que o último cristão morreu na cruz, tornando Jesus Cristo único. E ele foi realmente o único que colocou em prática o que pregava, como o amor a Deus e o amor ao próximo. O resto foram e são apenas seguidores, então considero-me apenas mais um seguidor de Cristo.

Compreendo que nunca serei como Cristo; que sou imperfeito; reconheço meus pecados que vez após vez cometo; e reconheço as falhas das minhas tentativas diárias de tentar amar a Deus e ao meu próximo. Mas o fato é: a essência do que significa ser cristão não está na presença ou na ausência de um crente em uma igreja, mas sim em suas ações, atitudes e pensamentos. Seguir a Cristo é pensar e agir como Cristo.

Deveras, se um ente congrega ou não uma determinada igreja, isso não tem significado algum. Lembro-me de uma frase de uma música do cantor Roberto Carlos que diz: Não adianta ir à igreja rezar e fazer tudo errado. Sim, a maioria das igrejas nos tempos atuais, mais aparentam ser locais que engendram hipocrisia do que boas pessoas, onde falsos julgamentos e desrespeito estão presentes, diferente da paz e da sensação de redenção que elas naturalmente deveriam conceber. Sem contar que existem pessoas que demonstram verdadeiras qualidades cristãs, sendo que a maioria delas dizem não ter religião alguma.

Sim, acredito que a verdadeira igreja de Cristo está no coração. Não aposto minha vida em nome de uma igreja cuja estrutura de alvenaria foi feita por mãos humanas, porque é em nome de tais igrejas que se originam os piores fanatismos. E creio também que a crença é essencial para minha vida, pois reconheço meus limites e minhas falhas.

Que Deus o abençoe.

Advertisements

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s